• Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle

© 2018 por NutS - Nutrition Science. Todos os direitos reservados.

Rabanadas, fim de ano e tradições alimentares: motivo de preocupação?

26/12/2018

Escrito por

Com as comemorações de final de ano, o natal e as diferentes celebrações religiosas, as tradições alimentares ganham destaques e traduzem-se nos mais diversos pratos característicos destas festividades.

Nascida em família católica e descendente de italianos e espanhóis, a festa de Natal sempre foi muito marcante e comemorada em nossa casa, com preparações e comidas exclusivas para essa época do ano, recheada de histórias e memórias afetivas:

 

"os doces como rabanada, roseta e o manjar branco; as castanhas, as frutas, o peru,

a salada de grão de bico; os pimentões e as berinjelas recheados com pão italiano,

aliche e diversos temperos, destacavam-se na mesa de Natal..."

 

As comidas tradicionais, no meu caso as do Natal, me transportam no tempo e trazem as histórias dos meus avós, que contavam como os avós deles preparavam a ceia de Natal, onde compravam e como preparavam seus alimentos.

Como preparações tão marcantes e tradicionais da nossa cultura, podem se tornar uma preocupação para muitos no fim do ano?

 

A alimentação tem inúmeras funções que ultrapassam a necessidade de fornecimento de nutrientes para o nosso corpo, envolvendo aspectos afetivos, culturais e regionais que devem ser considerados quando pensamos em uma alimentação saudável.

 

As tradições alimentares de uma determinada região são transmitidas de geração para geração e são caracterizadas por receitas, costumes e alimentos típicos. A alimentação faz parte da identidade e do patrimônio cultural de um povo.

 

O novo guia alimentar para a população brasileira reforça a valorização da alimentação tradicional para garantir uma alimentação saudável, com preparações culinárias a base de alimentos in natura e minimamente processados.  O ato de cozinhar, que envolve também a seleção, o pré-preparo, a combinação e a apresentação dos alimentos, tem diminuído cada vez mais em nossa sociedade, isso tem gerado um aumento do consumo dos alimentos industrializados e prontos para o consumo. Neste sentido, o guia alimentar tem destacado a transmissão das habilidades culinárias como uma importante ferramenta para melhorar a alimentação das populações.

 

Considerando que os alimentos de final de ano são símbolos das nossas tradições alimentares e da nossa cultura e considerando que eles podem fazer parte de uma alimentação saudável, segue uma receita de rabanada tradicional, para desmistificar essa preocupação que cresce nessa época do ano. 

 

Boas festas e aproveitem para compartilhar suas receitas de família!

 

Receita de rabanada

 

Ingredientes:

  • 1 pão de rabanada ou pão filão;

  • 1 litro de leite integral;

  • 4 colheres de sopa de açúcar;

  • 2 ovos;

  • ½ litro de óleo para fritar;

  • Açúcar e canela para polvilhar. 

 

Modo de preparo:

 

  1. Fatie o pão em rodelas grossas (aproximadamente 3cm de espessura) e reserve;

  2. Aqueça o leite e o açúcar em fogo alto por 2 minutos e coloque em uma vasilha;

  3. Abra os ovo e bata com o auxílio de um garfo e reserve;

  4. Aqueça o óleo para fritar as rabanadas;

  5. Passe as fatias de pão no leite aquecido, depois no ovo batido e frite na frigideira;

  6. Quando as rabanadas estiverem douradas, retire-as com auxilio de uma escumadeira e escorra em papel absorvente;

  7. Passe as rabanadas no açúcar e canela e coloque em um refratário para servir.

 

Dica:

  • As rabanadas podem ser servidas quente ou resfriadas, para isso armazene na geladeira.

  • Caso prefira, substitua a fritura de imersão em óleo, por fritar em frigideira antiaderente untada com óleo.

 

Please reload

Últimos posts

Atividade física, comportamento sedentário e sono dos pequenos - e o por quê de confiarmos no que diz a Organização Mundial da Saúde

February 19, 2020

1/10
Please reload

Tags