NutS vai ao Chile!

18/04/2018

Este texto teve a colaboração de Diego Rodrigues.

 

 

Além dos excelentes vinhos chilenos que bebemos aqui no Brasil, a gastronomia desse país andino também chega até nós através de muitos outros alimentos que importamos de lá, como por exemplo boa parte do salmão que consumimos, grãos como a quinoa e algumas frutas que gostam de um clima mais frio como framboesas e mirtilos. Isso sem falar naquela dupla clássica da época do Natal: cerejas e nozes. O Chile nos fornece ainda ótimas azeitonas e, acredite você ou não, muito do orégano que usamos!

 

Porém, recentemente comprovei que essas importações são apenas uma pequena parte da “muy rica” cozinha chilena, e por isso, meu intuito nesse post é compartilhar com aqueles que gostam de viajar e conhecer novas culturas e culinárias, um pouquinho do que experimentei nesse país incrível!

 

Ah, e como dizem os chilenos: "En Chile se come harto!" (No Chile se come beeeeem!)

 

 

Completo, o hot-dog chileno

 

O “completo” é a versão chilena do nosso tradicional cachorro-quente e apresenta algumas variações bem interessantes na combinação de ingredientes. A versão que mais me atraiu foi a que chamam de “italiano”. Esse lanche leva pão, salsicha, tomate em cubos, avocado (que eles chamam de palta) em pasta e maionese, lembrando por suas cores a bandeira da Itália. Uma delícia!

 

Também provei o "chacarero" que leva pão, salsicha, tomate em cubos e feijões verdes frios (bem parecido com a vagem que comemos por aqui), mas esse não fez tanto sucesso!

 

Vale ressaltar que as salsichas eram mais pálidas, aparentando ter menos corantes (o que é ótimo, claro!) e a maionese sempre bem branquinha, parecendo não levar ovos em sua composição. No mínimo, curioso...

 

 

Mote con huesillos

 

O “mote con huesillos” é uma tradicional bebida chilena não alcoólica. Eu a classifico como exótica, pois nunca bebi nada parecido: pêssegos desidratados (huesillos) misturados com trigo descascado e cozido (mote).

 

Normalmente é vendida por ambulantes nas ruas, mas também pode ser encontrada nas geladeiras dos mercados. Vem acompanhada de uma colher para que os grãos de trigo e os pêssegos que ficam no fundo do copo possam ser consumidos também.

 

É servida gelada e tem sabor agradável, mas é bem doce, já que os pêssegos secos são reidratados e cozidos em uma mistura de água, açúcar caramelizado e canela, antes de serem misturados ao trigo. Em alguns lugares, pode-se encontrar uma versão feita com quinoa em substituição ao trigo.

 

 

 

Pastel de choclo

 

Ha! Aposto que o nome desse prato trouxe à sua mente a imagem daquele pastelzinho de feira no capricho, certo? Mas não é nada disso. Em espanhol, a palavra pastel pode ser traduzida como “torta”. Portanto, “pastel de choclo” é na verdade uma torta de milho (choclo) salgada.

 

Trata-se de uma preparação caseira clássica e divina, feita com uma pasta de milho moído bem temperada, recheada de carne de vaca moída ou picada cozida com cebola, podendo conter também frango, pedaços de ovo cozido, entre outros ingredientes. Esse prato lembra um pouco o nosso famoso “escondidinho", já que é levado ao forno para dourar e é servido bem quente em uma tigela cerâmica.

 

 

 

 

Pastel de jaiba

 

Tão típico quanto o pastel de choclo, o “pastel de jaiba” se assemelha a ele, porém em uma versão caiçara!

 

Num país com um litoral tão extenso, existem vários pratos feitos com peixes e outros frutos do mar. Nesse caso, o recheio é um tipo de caranguejo (a jaiba), e a massa em si é feita com pão de forma (pan de molde) umedecido no leite. Tudo muito bem temperado e saboroso! Huuum!

 

 

 

Empanadas chilenas

 

De massa feita com farinha e com recheios variados, essas sim são mais parecidas com os nossos pasteis! Podem também ser assadas, uma versão mais saudável e (para mim) mais saborosa.

 

Podem ser encontradas em vários tamanhos e formatos, dependendo de seu recheio e de onde está sendo produzida. Há várias opções de sabores, como “jamón y queso” (presunto e queijo), “napolitana” (presunto, queijo, tomate e azeitonas) e “pollo” (frango), mas o mais tradicional é o recheio de “pino”, (carne moída guisada com ovo cozido em pedaços).

 

Ah, e sabe aquelas empanadas bem pequenininhas que conhecemos como "salteñas"? Elas também existem no Chile, mas como a cidade de Salta fica na Argentina, agora você entende por que os chilenos se gabam de comer "harto"!

 

 

 

Espetinho de llama

 

A carne de lhama é popular nas regiões mais secas, como é o caso do Deserto do Atacama, bem ao norte do Chile, onde o clima não permite manter grandes fazendas de gado. Tenra e saborosa, é a escolha perfeita para quem procura a autêntica experiência de um churrasco andino. Provada e aprovada!

 

 

 

 

Chorillana

 

A chorillana é uma porção para compartilhar com amigos, já que o seu tamanho é um pouco exagerado para ser encarada como um prato individual. Uma chorillana clássica consiste um prato de batatas fritas com carne de vaca acebolada, cortada em tiras ou cubos, e ovos fritos em cima. Em restaurantes mais arrumadinhos eles trocam os ovos fritos por ovos mexidos. Tudo isso ainda vem acompanhado por um molho pebre (espécie de vinagrete picante) e um pãozinho.

 

Se você está achando que isso parece uma daquelas porções de boteco, saiba que é isso mesmo! A chorillana vai muito bem com uma cervejinha gelada! No norte do Chile eles também fazem a chorillana usando carne de llama, já que naquela região é mais comum de se encontrar essa iguaria.

 

 

 

Rica-rica

 

A “rica-rica” é uma erva com forte odor aromático, que cresce abundantemente nos planaltos andinos no norte do Chile e na fronteira com a Bolívia. Raramente é encontrada na culinária fora da região, apesar de seus efeitos medicinais. Seu chá é excelente para a digestão e pode contribuir para atenuar dores de estômago.

 

Pode ser utilizada também em sorvetes e bebidas como o pisco sour (coquetel alcoólico típico da gastronomia chilena e peruana) e sucos de frutas. Fica uma delícia no lugar do bom e velho hortelã no suco de abacaxi!

 

 

Se você já foi ao Chile e provou uma ou mais dessas preparações ou ingredientes, deixe seu comentário! ;)

Please reload

Últimos posts

Saudades de um pão de queijo

September 23, 2020

1/10
Please reload

Tags
Please reload

Posts relacionados
Please reload

Comentários
  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle

© 2020 por NutS - Nutrition Science. Todos os direitos reservados.