• Kelly V. Giudici

4 anos de NutS e 4 motivos para praticar o auto-cuidado


Esta é uma semana especial para o NutS, pois amanhã completamos 4 anos no ar! Dois anos atrás, marcamos nosso segundo aniversário com uma reflexão sobre a importância de começar, mesmo sem encontrar o momento "certo" e/ou as condições ideais. E de fazer um pouco a cada dia, pois de pouco em pouco, grandes transformações acontecem. Também compartilhamos um pouco do backstage do NutS, mostrando que somos um exemplo vivo de como agir mesmo fora das condições ideais é capaz de trazer resultados importantes.

Neste ano, nosso aniversário acontece em meio a um contexto preocupante, frente à dura realidade da pandemia do Covid-19. Um estudo realizado pelo Ministério da Saúde revelou que durante o último ano, 86,5% dos participantes manifestam ansiedade, 45.5% transtorno de estresse pós-traumático, e 16%, depressão. Além disso, cerca de 20% dos participantes do estudo NutriNet Brasil relataram aumento de peso (de pelo menos 2 kg) durante os primeiros 6 meses de pandemia. Outros estudos também indicam que a proporção de pessoas fisicamente inativas aumentou durante o último ano.

Por isso, neste aniversário nossa meta é mostrar que devemos agir o quanto antes para reverter este panorama, mesmo que em passos pequenos. Por mais que a situação continue crítica, não podemos postergar o auto-cuidado. Aliás, ele é mais do que nunca necessário! Por isso, listamos aqui 4 passos para ressaltar porque e como você deve começar a cuidar mais da sua saúde hoje mesmo:

1. Entenda que quanto mais você posterga uma ação, mais distante fica do seu resultado. Em saúde, não agir significa, na maioria das vezes, andar para trás (e não ficar parado, como muitos pensam).

2. Faça o possível para tornar o seu dia-a-dia mais leve, e ganhe qualidade de vida. Busque conforto sem perder o controle. Exercite sua criatividade. Cuide da qualidade do seu sono. Permita-se celebrar pequenas e grandes alegrias, com responsabilidade e isolamento social. Cada uma de nossas ações afetam o individual e o coletivo, sempre. E o contrário também é verdade. E por mais que as circunstâncias estejam tornando impossível manter o bom-humor o tempo todo, procure pelo seu equilíbrio diariamente.

3. Não se force a resolver todos os seus problemas por conta própria. Você não está sozinho(a)! Se puder, procure ajuda especializada para cuidar da sua saúde. Médicos, nutricionistas, psicólogos e educadores físicos, entre outros, poderão dar o suporte adequado, conforme cada necessidade. O acompanhamento profissional para qualquer mudança de hábito relacionada à saúde torna o processo mais otimizado e seguro. Ainda é o momento de evitar contato presencial ao máximo, mas muitos destes profissionais podem ajudá-lo(a) em atendimentos virtuais.


4. Não abra mão de ser uma das suas prioridades. Caso não seja possível procurar ajuda profissional, recomendamos que mesmo assim você faça da sua saúde (física e mental) uma de suas prioridades neste momento. É como aquela recomendação de segurança nos voos: "Em caso de despressurização, coloque a sua máscara primeiro, para depois ajudar os outros." Cuidar de si próprio é o primeiro passo para o cuidado coletivo, tão necessário neste momento. A internet oferece um vasto leque de informações, onde verdades e mentiras se misturam. Informe-se em fontes confiáveis e não propague informações cuja procedência você não conhece, pois isto também pode causar danos. Na dúvida, uma rápida pesquisa no Google revela, em muitas das vezes, o que são boatos e fake news. Para saber mais sobre os perigos de repassar informações falsas, confira este texto. Também vale conhecer aqui 10 das principais fake news envolvendo Covid e Nutrição que circulavam desde o início da pandemia.

Por fim, mesmo sem soprar velinhas (aliás, será que um dia este hábito será considerado seguro novamente?), gostaríamos de celebrar este aniversário do NutS agradecendo a todos que nos acompanham desde o comecinho, e também àqueles que foram chegando depois e que hoje continuam nos acompanhando! Continuaremos trabalhando para que nosso quinto ano traga muitos conteúdos interessantes para vocês!


Referências

Costa CS, Steele EM, Leite MA, Rauber F, Levy RB, Monteiro CA. Body weight changes in the NutriNet Brasil cohort during the covid-19 pandemic. Rev Saude Publica. 2021 Mar 1;55:01. doi: 10.11606/s1518-8787.2021055003457. eCollection 2021. Ministério da Saúde. Pesquisa sobre saúde mental do brasileiro durante a pandemia da Covid-19. Disponível em: https://antigo.saude.gov.br/noticias/agencia-saude/47527-ministerio-da-saude-divulga-resultados-preliminares-de-pesquisa-sobre-saude-mental-na-pandemia [Acesso em 07 de abril de 2021].

Puccinelli PJ, da Costa TS, Seffrin A, de Lira CAB, Vancini RL, Nikolaidis PT, Knechtle B, Rosemann T, Hill L, Andrade MS. Reduced level of physical activity during COVID-19 pandemic is associated with depression and anxiety levels: an internet-based survey. BMC Public Health. 2021 Mar 1;21(1):425. doi: 10.1186/s12889-021-10470-z.

Posts recentes

Ver tudo
Últimos posts
Tags